Green Friday: marcas conscientes promovem ações para combater o consumo desenfreado

Hoje, 23 de novembro, é a sexta-feira do consumismo e das promoções sedutoras, também conhecida como “black friday”. Originado nos Estados Unidos, o conceito se trata da oferta de grandes descontos para produtos ou serviços. No Brasil, as lojas começaram a aderir às promoções em 2010 e desde então é uma das datas mais aguardadas pelos consumidores.

Nos últimos dias, algumas empresas, blogs e perfis relacionados com o movimentos de sustentabilidade, publicaram dicas e ações voltadas para o consumo consciente. Não há como negar que a Black Friday nos faz desejar produtos que NÃO compraríamos anteriormente. Seja nas áreas de moda, beleza, decoração, serviços ou qualquer outra coisa. Portanto, é difícil praticar um consumo verdadeiramente consciente nesta data.

Mas, na contramão, surge o termo “Green Friday”. Combatendo o consumo desenfreado, marcas com viés consciente e sustentável estão evitando a promoção de descontos exagerados e as substituindo por outros tipos de ações. Como exemplo, a marca de produtos de beleza e cosméticos “Com Amor Florinda”, que comunicou que para cada pedido feito na loja virtual, uma árvore será plantada, e outras marcas estão aderindo à ação. Já a marca Insecta Shoes, inseriu descontos nas vendas, mas destinará 15% do valor das vendas feitas para um projeto que ensina alimentação vegetariana em uma comunidade de São Paulo. Já a Casa Jardim Secreto optou por acrescentar 1 real a mais no valor de seus produtos, para promover doações para o Instituto Terra, Trabalho e Cidadania.

A grande questão é que um dos pontos do consumo consciente é compreender o verdadeiro valor dos produtos. Grandes marcas oferecem descontos grandiosos justamente porque os produtos provavelmente já são oferecidos a preços exorbitantes ou injustos. Portanto, pequenos produtores engajados com a sustentabilidade muitas vezes não conseguem oferecer descontos efusivos, o que desvalorizaria seu próprio trabalho. Além de que, apoiar a “Black Friday” seria apoiar um movimento gigante que segue a direção oposta à da sustentabilidade.

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s