Moda Circular: 3 tecidos sustentáveis feitos de fibras de frutas

Com a necessidade de inovação na indústria têxtil, o setor tem investido em pesquisas para desenvolver tecidos sustentáveis e biodegradáveis: aqueles que geram menor impacto ambiental do que os materiais tradicionalmente usados.

O algodão comum, por exemplo, é um dos tecidos que mais geram poluição, já que sua produção demanda o gasto de muita água, inseticidas e pesticidas. Para substituí-lo, já temos o algodão orgânico, opção que economiza água e preserva a saúde do solo no plantio. Mas… e para o couro?

Conheça os tecidos sustentáveis e biodegradáveis feitos de frutas

Na busca por alternativas ecológicas e cruelty-free para o couro, os resíduos das frutas tornaram-se matéria-prima.

1. PIÑATEX, imitação de couro feita com as folhas de abacaxi

Brunch handbag by PIÑANA BAG
Piñatex – o couro feito de folhas de abacaxi

O Piñatex é uma imitação de couro feita a partir das folhas do abacaxi. O tecido foi criado pela designer Carmen Hijosa, nas Filipinas. Na década de 1990, depois de trabalhar por muitos anos na indústria do couro, Carmen recebeu um convite para atuar no Centro de Design das Filipinas. Por lá, a designer começou seus estudos em busca de alternativas ao couro, tendo como objetivo o desenvolvimento de um material sem nada de origem animal e que pudesse gerar o menor impacto possível para o meio ambiente, além de contribuir com comunidades agrícolas. Para a produção do Piñatex, o resíduo que seria descartado é reaproveitado. O “couro” produzido é tão forte como o de origem animal e pode ser utilizado para fabricar roupas, calçados e acessórios. Vale destacar que o tecido é mais barato e mais leve do que o couro animal.

follow-the-colours-couro-ecologico-pinatex-abacaxi-05
Piñatex

Diversas marcas já utilizaram o tecido de abacaxi em suas criações, como por exemplo a marca Hugo Boss, que possui uma coleção de calçados feitos com o Piñatex. Em 2020, a marca brasileira de calçados veganos, Insecta Shoes, passou a usar o material em alguns produtos. (Confira clicando aqui).

2. PELLEMELA, o couro sustentável e resistente feito de maçã

A maçã é o componente do “couro” Pellemela

A maçã é outra fruta que vem sendo utilizada para contribuir com a moda sustentável. A empresa italiana Frumat aproveita as sobras da fabricação de sucos de maçã para criar um material compostável e reciclável, que se parece com o couro, nomeado Pellemela. Esse tecido é feito com 50% de fibra de maçã reciclada e 50% de poliuretano. O material originado permite a criação de roupas, bolsas, calçados, cintos, carteiras, e até artigos de papelaria.

Em 2017, a estilista eslovena Matea Benedetti, que já costumava utilizar matérias primas sustentáveis, apresentou sua coleção primavera/verão 2018, sendo a primeira marca de moda a criar roupas com o couro de maçã. Esse tecido é respirável, impermeável e vegano.

Criação de Matea Benedetti

Já em 2020, o couro de maçã foi escolhido como matéria-prima para a confecção de dois modelos de tênis da grife Tommy Hilfiger.

Tommy Hilfiger / Primavera-verão 2020

3. WINELEATHER, o couro “de vinho” feito com o bagaço da uva

Anualmente a Itália produz cerca de 26 bilhões de litros de vinho, gerando aproximadamente sete bilhões de quilos de bagaço de uva. Observando isso, a empresa italiana Vegea criou um tecido sustentável parecido com o couro, feito a partir dos resíduos da indústria do vinho.

THE VERY FIRST VEGAN LEATHER MADE OF WINE, 100% SUSTAINABLE - Eliiss

O produto é o Wineleather, um tecido criado por um tratamento especial de fibras e óleos contidos nos bagaços da uva, obtidos a partir de peles, sementes e caules da fruta utilizados na produção do vinho. 

Segundo os cálculos feitos pela Vegea, o volume de bagaços de uva gerados a partir da produção de vinho pode ser convertido em três bilhões de metros quadrado de Wineleather.

Resultado de imagem para wineleather
Wineleather

Em 2020, a Fast Fashion H&M anunciou suas iniciativas sustentáveis para trabalhar por uma moda mais circular, incluindo o uso de tecidos e materiais biodegradáveis, como o Wineleather.

Aos poucos, os substitutos sustentáveis para o couro animal vão sendo difundidos e aderidos pela indústria fashion.

E você, gostou de conhecer esses materiais alternativos? Sem dúvidas, são inusitados, mas é de inovações como essas que o futuro da moda necessita.

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s