O 3º Encontro Moda Sem Sacola vem aí!

Temos um Encontro marcado no sábado, dia 10 de agosto, no Tenetehara Instituto Cultural. A 3º edição do Encontro “Moda Sem Sacola” está chegando e a programação foi preparada com muito carinho com o propósito de fortalecer e divulgar as ideias do consumo consciente em Juiz de Fora.
encontro moda sem sacola - isabela magalhães e lessandra santos
Time! Isabela Magalhães e Lessandra Santos. / Foto: Jair Roberto

Para o evento, selecionamos cerca de 20 expositores de variados segmentos, entre marcas autorais, brechó, sustentabilidade, gastronomia, moda consciente e tatuagem. Além disso, a programação conta com uma oficina sobre leites vegetais, um workshop de Comunicação para a Moda Consciente e show com o cantor Igor Silveira.

Em sua 3ª edição, o Encontro Moda Sem Sacola une criatividade, cultura, sustentabilidade e ativismo social. O grupo “Veganos de Rua”, projeto social que distribui refeições para pessoas em situação de rua, participará desta edição arrecadando doações de roupas, cobertores e alimentos (feijão, proteína de soja e macarrão de sêmola).

Nosso Encontro terá programação das 10 às 20 horas do sábado. A feira acontecerá a partir das 13 horas, com entrada gratuita. Para a Oficina e para o Workshop é preciso realizar a inscrição por meio do Sympla.

cartaz encontro moda sem sacola
Foto e design: Isabela de Magalhães/ Produção e styling: Luana Braz, Gabriela Rodrigues e Lessandra Santos / Modelo: André Magalhães


Expositores confirmados:

Vestuário: Limbo Brechó + Brechó da Leia + Hold Activewear + Me Ghusta Salve Maria

Artesanato e decoração: Alegra Ateliê + Flor da Terra Terrários + Bordadê + Mandal’Art

Produtos ecológicos: Flaviartes Ecoprodutos + Trampolina

Cosméticos naturais: Saboogaia

Acessórios: Fulô

Brinquedos: Juju Sarita

Gastronomia: Tenetehara + Delícias da Sara

Tatuagem: Wylker Simões

Projeto Social: Veganos de Rua

Programação:


Feira:
encontro moda sem sacola - a joia básica
Foto: Jair Roberto
13h às 20h.
Entrada Gratuita
 

OFICINA leites

Oficina de Leites Vegetais:

10h às 12h.
Valor: 20 reais.
Na oficina, Sara Manso, da empresa “Delícias da Sara” vai ensinar receitas básicas de leites vegetais, de inhame, castanha de caju, aveia e amendoim, além de creme de castanha de caju e iogurte de aveia.


OFICINA COMUNICAÇÃO PARA A MODA CONSCIENTE
Workshop de Comunicação Para a Moda Consciente:
13h30 às 16h30.
Valor: 30 reais.
O workshop terá atividades teóricas e práticas e será conduzido pelas produtoras de moda Luana Braz e Gabriela Rodrigues, juntamente com a jornalista e comunicadora de moda Isabela Magalhães. 

Show com Igor Silveira: 
Às 18h
Entrada gratuita.

Local:  

O espaço Tenetehara fica localizado na Avenida Presidente Costa e Silva, nº 2776, São Pedro. 

Foto: Vanessa Oliveira
Foto: Vanessa Oliveira

Participe! Esperamos você! ❤

Roupa feita de roupa: conheça o upcycling

Grande parte da poluição causada pela indústria da moda vem do desperdício de matérias primas e da quantidade de lixo gerada com o descarte de roupas. Estima-se que um caminhão cheio de sobras de tecido seja queimado ou jogado fora a cada segundo. Uma alternativa que contribui para a redução deste problema é o upcycling, modelo de produção que propõe o reaproveitamento de tudo o que é produzido. O objetivo é evitar o desperdício de materiais úteis, reduzindo o consumo de novas matérias-primas durante a criação de produtos e o consumo de energia, a poluição do ar e da água e as emissões de gases de efeito estufa.

Criações de Ana Cláudia Vidgal, designer que desenvolveu uma coleção inteira com aproveitamento de refugo têxtil. Foto: Isabela de Magalhães
Criações de Ana Cláudia Vidgal, designer que desenvolveu uma coleção inteira com aproveitamento de refugo têxtil. Foto: Isabela de Magalhães

O upcycling pode ser feito por meio da ressignificação de peças já existentes, pelo aproveitamento de materiais que seriam descartados ou mesmo pelo uso das sobras da confecção do vestuário. O termo não é um sinônimo de reciclagem: na verdade é visto como uma evolução do conceito da continuidade do ciclo de vida de um produto. O processo de reciclagem envolve processos químicos, o upcycling não.

A primeira vez em que o termo foi usado foi em 1994, por um empresário alemão chamado Reine Pilz. Mas foi em 2002 que o “upcycling” apareceu em um livro (Cradle to Cradle) e ficou mais conhecido pelo público. Nos últimos anos, com o “boom” da busca pela sustentabilidade e da tomada de consciência na moda, o termo tem ganhado destaque e provocado o surgimento de marcas voltadas para esse segmento.

Economia Circular

O upcycling é um método que se aproxima do conceito de economia circular. A economia linear, que é a praticada normalmente, é estruturada no processo de: extrair > produzir>descartar. Esse sistema é baseado em recursos finitos. A longo prazo, isso acarreta no risco do esgotamento das matérias-primas e custos cada vez mais altos em sua extração. A economia circular, por sua vez, mantém em circulação os recursos que extraímos e produzimos. Com isso, o destino final de um material não é uma questão de gerenciamento de resíduo, mas sim do processo de design. Nessa cadeia, o design é capaz de dar novo significado ao que poderia ser visto como lixo, ou até mesmo desenvolver produtos que não gerem desperdício. O principal é eliminar o conceito de lixo, pensando em uma cadeia que preserve o valor de todos os materiais.

Revista Moda Sem Sacola

Saiba mais sobre o Upcycling na seção Re-cycle, com as matérias: Roupa Feita de Roupa e Upcycling de Café. Acesse a nossa revista clicando aqui.